Logo letter
Graus musicais
over 1 year ago
e

O que são graus musicais?

 

Nível sonante é uma lista fabricada para auxiliar o harmonioso na localização dos intervalos. Certamente você já tenha ouvido anunciar em “ primeiro nível ”, “ de acordo com nível ”, etc. E pode ser que isto tenha soado excêntrico num primeiro hora.

 

No entanto, como vamos analisar, essa terminologia é simples e pode ser bastante benéfico.

Se numerássemos a escala de Dó maior da posterior maneira: Dó (1º nível ), Ré (2º nível ), Mi (3º nível ), Fá (4º nível ), Luz (5º nível ), Lá (6º nível ), Si (7º nível ), poderíamos expressar para um colega, por exemplo: “ toque o 5º nível da escala de Dó maior ”, e ele saberia que você está se referindo à nota Luz.

 

Dessa forma, acaba sendo bastante benéfico anunciar das notas de uma som em termos de graus musicais. A coerência é a mesma que foi apresentada acima, aplicada a cada nota de ambição. Por exemplo, podemos desenvolver os graus retirando-se da nota Ré:Ré (1º nível ), Mi (2º nível ), Fá (3º nível ), Luz (4º nível ), Lá (5º nível ), Si (6º nível ), Dó (7º nível ).

 

Por isso, se indivíduo pedisse, digamos, o 3º nível de Ré, você saberia que se trata da nota Fá. Observe que estamos trabalhando dentro da escala de Dó maior nesses exemplos todos. Isto necessita ser individualizado ( em qual grandeza estamos trabalhando).

 

De uma forma execução, para saber a nota que se refere a um nível basta montar nos dedos as notas retirando-se da nota que foi definida como 1º nível. Embaixo seguem alguns exemplos, também dentro da escala de Dó maior (tome como treino ):

 

– De acordo com nível de Mi: Fá– Quarto nível de Luz: Dó – Sétimo nível de Si: Lá

Obs: O primeiro nível é similarmente chamado de “tônica”.

 

Mais detalhes sobre graus musicais

Estes exemplos foram usados somente para fins didáticos. Na execução, você irá ver que os graus são bastante usados dentro do entrecho de campos harmônicos. Você aprenderá como se situar numa som usando graus no texto “ campo eufônico ”.

 

Antes disso, aprenderemos (nos tópicos “diminuta, aumentada e combate ” e “graus musicais – conceito complementar ”) mais detalhes essenciais sobre graus.

O vídeo embaixo que elaboramos explica com detalhes todo este assunto de graus musicais, você pode assistir ou seguir a texto.

 

O que significa diminuta, aumentada e combate?

 

Se você leu o texto sobre graus, reparou que mencionamos somente 7 notas da som ocidental (C, D, E, F, G, A, B). Porém e se quiséssemos usar uma referência de graus para as demais notas similarmente (C#, D#, F#, G#, A#)? Para isto há uma manifestação mais abrangente, como veremos agora:

 

A primeira nota é representada pelo primeiro nível, como já vimos. Este nível pode ser conhecido por similarmente de primeiro nível maior. Vamos usar como malogro de primeiro nível a nota Dó.

 

Nesse caso, a nota Ré é o de acordo com nível, similarmente chamado de de acordo com nível maior. A nota Dó # ( ou Ré b), nesse caso, é o de acordo com nível MENOR.

 

Os nomes “ de acordo com nível menor ” e “ de acordo com nível maior ” frequentemente são abreviados para “ de acordo com maior ” e “ de acordo com menor ”, e o mesmo se aplica aos demais graus maiores e mais baixos.

Essa lista (“ maior ” e “ menor ”) há para mostrar se o paragem (distância entre as notas ) é limitado ou prolongado. Intervalos maiores são longos e mais baixos são curtos.

 

Repare que, no malogro antepositivo, o “ de acordo com nível maior ” representou o paragem de um tensão ( uma vez que Ré está um tom acima de Dó ), e o “ de acordo com nível menor ” representou o paragem de meio tom (Ré bemol está meio tom acima de Dó ).

 

Então, estes nomes foram dados somente para termos uma recomendação da distância entre as notas. Expandindo o conceito para todas as notas, retirando-se de Dó, teremos o posterior:

 

" data-lower-option="c —>" data-order="522"> C —> Primeiro nível maior

" data-lower-option="db —>" data-order="526"> Db —> De acordo com nível menor

" data-lower-option="d —>" data-order="530"> D —> De acordo com nível maior

" data-lower-option="eb—>" data-order="534"> Eb—> Alcoviteiro nível menor

E " data-lower-option="—>" data-order="539"> —> Alcoviteiro nível maior

Quarta" data-lower-option="f —> quarta" data-order="543"> F —> Quarta combate

Quarta aumentada (" data-lower-option="f#—> quarta aumentada (" data-order="545"> F#—> Quarta aumentada ( ou Quinta diminuta: Gb)

" data-lower-option="g —>" data-order="549"> G —> Quinta combate

" data-lower-option="g#—>" data-order="552"> G#—> Quinta aumentada ( ou sexta-feira menor: Ab)

" data-lower-option="a —>" data-order="559"> A —> Sexta-feira maior

Sétima" data-lower-option="bb —> sétima" data-order="562"> Bb —> Sétima menor

Sétima" data-lower-option="b —> sétima" data-order="564"> B —> Sétima maior

 

Certamente você está se perguntando por que raios há os nomes “aumentada”, “ combate ” e “diminuta”. Bom, saiba que é somente uma manifestação, e é este linguajar que você vai obter em qualquer livro de som ou song book.

A coerência é a mesma que vimos para os nomes “ maior ” e “ menor ”. O nome “aumentada” indica um paragem mais prolongado e “diminuta” indica um paragem mais limitado. “ Combate ” encontra-se no meio entre essas duas.

Porém não poderíamos apenas usar os nomes “ maior ” e “ menor ” para todas as notas em vez de usar estes “diminuta”, “aumentada” e “ combate ”?

 

Efetivamente, poderíamos. Por isso por que há estes mais nomes?

 

No vídeo que colocamos no início desse texto você vai compreender que isto acaba sendo muito benéfico. Por enquanto, somente memorize essas nomenclaturas e o que elas representam. Como você viu, não há qualquer problema, são somente nomes dados para graus específicos.

 

Vamos agora exercitar essa lista retirando-se de outras notas além de Dó:

Obs: utilizamos nessa relação somente sustenidos para ficar mais fácil de captar e comparar tudo, porém poderíamos ter mesclado essa relação com bemóis sem complicações.

Por meio do sétimo nível, as notas começam a se repetir, uma vez que o 8º nível já é aproximado ao 1º nível.

 

Conduzindo-se essa coerência:

 

– O 9º nível é aproximado ao 2º nível.– O 11º nível é aproximado ao 4º nível.– O 13º nível é aproximado ao 6º nível.

Você precisa estar se perguntando: se não há urgência de se anunciar em graus depois de o sétimo, pelo feito de se repetir, por que por isso se fazem o uso de as notações 9º, 11º e 13º?? Bom, alguns músicos preferem usar estes graus para deixar evidente qual oitava precisa ser usada.

 

Por exemplo: se estiver escrito em uma cifra somente Cm6, certamente você irá montar o acordede Dó menor e pegar o sexto nível mais próximo para fazer o Cm6. Agora, escrevendo Cm13, você saberia que precisa usar o sexto nível uma oitava acima, e não o sexto nível mais próximo.

 

A única diferença entre estes 2 acordes é uma som levemente ímpar por causa de à oitava usada para o 6º nível (nos próximos tópicos, falaremos tudo o que você necessita saber sobre acordes e cifras, não se preocupe caso não tenha douto este malogro ).

 

Quanto à área 9ª, ela aproximadamente constantemente apresenta-se uma oitava acima, dessa forma é usada em vez de 2ª. Porém não se surpreenda ao analisar o algarismo 2 em cifras por aí, uma vez que a notação americana gosta de colocar o algarismo 2 em vez de do algarismo 9.

 

É fundamental você saber detalhes como este para não ficar com dúvidas sobre essas nomenclaturas.

Bastante bem, vamos anunciar agora da comodidade execução dessa notação toda que vimos!

Podemos nos alegar a qualquer nota que quisermos tomando como base qualquer nota de referência, da mesma forma que fizemos no texto graus musicais. Tomaremos aqui o mesmo princípio do texto antepositivo, uma vez que estamos somente complementando o assunto.

No entanto, antes a gente trabalhou em cima da escala de Dó maior, uma vez que ao expressar somente “3º nível ”, “6º nível ”, etc. não estávamos especificando se o nível era maior, menor, justo, diminuto ou crescido. Dessa forma, foi preciso expressar que os graus seriam de acordo com o formato da escala maior. Agora não será mais preciso se imortalizar-se a uma escala, uma vez que vamos individuar cada nível separadamente. Seguem embaixo alguns exemplos ( treinos ):

 

* Conteúdo disponível somente na versão completa da apostila. Este texto é uma versão parcial.

Obs: Por enquanto, estamos falando somente de notas, não de acordes! Os nomes “aumentada” e “diminuta”, bem como os nomes “ maior ” e “ menor ” similarmente aparecem no ataque dos acordes, porém isto é outra abordada!

Cuide para não consubstanciar as negócios, aqui estamos falando somente de notas e de sua lista isolada. No momento em que o assunto é acordes, a lista possui outro propósito. Dessa forma é fundamental essa realce. Mantenha isto em mente.

 

Posted in:
Read Further
25/09/2018
O que são oitavas?
31/01/2018
As figuras abaixo mostram a Major Scale in Re no Diagrama Diapason e tablatura de guitarra. Aprenda e memorize a mecânica dos dedos da mão esquerda primeiro.

Find me on: